"Sua pele é um pano branco e nela tudo é costurado à parte. E ela tem muitos alfinetes coloridos mantidos fora do seu coração. (...) Mas ela sabe que há uma maldição sobre ela, uma maldição que ela não pode vencer. Pois se recebe alguém muito próximo a ela, os alfinetes penetram profundamente." Tim Burton
 
 
 

To: B

Status: me sentindo uma idiota por estar assim por uma pessoa que eu nem sequer consegui conversar ao menos uma única vez.

 
 

É tudo culpa dessa minha mania de querer demais, de esperar demais, de sonhar demais…

 
 

Ás vezes penso, se isso é consequência de algo que eu te fiz. Se deveria ter sido menos radical e ter tentado (pela milésima vez) não esperar que você fosse o cara ideal.
Tínhamos chances, tínhamos planos, mas tínhamos também milhões de obstáculos, diferenças e uma distância cruel.
Não te peço que me entenda, mas se puder me perdoar…
Ah, eu sinto a sua falta… Não do jeito que costumava sentir, mas eu sinto uma dor surreal!

 
 

Eu poderia tentar novamente, poderia chamar, poderia voltar. Mas, o que muda pra você me ter aqui?

 
 

Como eu me sinto na Metô quando… minha nota arredonda pra menos

comomesintonametoquando:

 
 

"Eu vou deixar pra lá, fingir que esqueci, agir como se não importasse."

 
 

Eu te entendo, eu também não me amaria.

(Source: v-adiar)

 
 
 
 

"Ainda há um pouco de suas palavras que eu desejo ouvir… Você se aproxima um pouco de mim, tão próximo, que eu não consigo ver o que está acontecendo."

 
 

"Uma dose de amnésia, e duas de desapego, por favor."